Quinta da Regaleira: saída de um “verdadeiro” conto de fadas

“Ficou ali sentada, os olhos fechados, e quase acreditou estar no País das Maravilhas, embora soubesse que bastaria abri-los e tudo se transformaria em insípida realidade…” é mais ou menos assim que me sinto quando vou à Quinta da Regaleira, em Sintra, – “uma” Alice! Louca, curiosa, sonhadora, feliz. Misteriosa, enigmática, fantástica… a Quinta da …

Continuar a ler Quinta da Regaleira: saída de um “verdadeiro” conto de fadas